top of page

Porque o YOUTUBE ainda é a melhor plataforma de vídeos

Atualizado: 6 de dez. de 2021

Antes restrito somente aos canais de TV aberta, e depois por assinatura, hoje o VÍDEO é uma mídia acessível e necessária à maioria das empresas que querem crescer. E, desde que foi lançado por três ex-funcionários do Pay Pal em 2005, o YOUTUBE se tornou sinônimo de vídeo para empresas, marcas e pessoas.

Com o tempo, o YT passou a sofrer a concorrência de pesos pesados como o Vimeo e o Facebook, provando de vez que a era das Redes Sociais elegeria o vídeo como a mais poderosa ferramenta do Marketing Digital. Mesmo assim, o YOUTUBE continua firme e forte à frente da concorrência.

É a mídia ideal para MOSTRAR, EXPLORAR E EXPLICAR seus negócios, aumentando sua conexão com quem se interessa pelos seus assuntos e abrindo caminho para transformá-los em clientes.

O VIMEO é uma rede mais segmentada, de design clean, ótima qualidade de imagem e vídeos com foco artístico. Surgiu como opção de exibição em altíssima qualidade de imagem, antes do YT oferecer isso. Mas como fica sujeito à qualidade das conexões para “rodar” bem (fato que o YT dribla, alterando automaticamente a qualidade de acordo com a rede), acabou mais restrito aos portfólios de produtoras, agências e artistas visuais. E mesmo oferecendo excelentes conteúdos ainda não faz cócegas à popularidade do YT.

O FACEBOOK, embora seja a rede social mais popular do ocidente e tenha ampla possibilidade de interações e engajamento, tem campanhas menos "duráveis". Por uma razão simples: já tentou fazer pesquisa no Facebook? É complicado, e exige que você fique garimpando no timeline para achar o que procura. Funciona muito bem com quem já “te segue”, mas perde a relevância com o passar de poucos dias e fica difícil de encontrar depois de um tempo.

Já o YOUTUBE, além de ser a segunda rede social mais popular do Brasil e pertencer ao Google; é também O SEGUNDO MAIOR MECANISMO DE BUSCA DO MUNDO. A possibilidade do seu público encontrar um conteúdo específico no YT é imensamente maior do que no Vimeo ou no Facebook.

Além disso, a penetração é claramente mais forte quando se analisam outros dados.

Somente em dispositivos móveis, o YouTube alcança mais adultos entre 18 e 49 anos durante o horário nobre, do que qualquer rede de TV a cabo consegue em uma semana normal. Em média, as sessões em celulares duram mais de 40 minutos.

95% dos anúncios do YouTube são audíveis. Para ter uma base de comparação, apenas 15% dos anúncios no Facebook são audíveis. Quando os anúncios apresentam visibilidade e audibilidade, o Google documenta um aumento considerável no recall de anúncios, na percepção da marca e na consideração.

De 2016 para cá, dobrou o número de empresas de pequeno e médio porte anunciando seus produtos e serviços no YouTube. Mais de 50.000 anos de vídeos de análise de produtos foram assistidos em dispositivos móveis nos últimos dois anos. 68% dos usuários do YouTube assistiram a um vídeo para ajudá-los a tomar uma decisão de compra, e desses, 80% assistiram ao vídeo no início do processo de compra.

Mais da metade dos latino-americanos vão ao YouTube antes de fazer uma compra, seja para pesquisar um produto, ver uma resenha ou comparar preços.


YOUTUBE: MODO DE USAR

A mais óbvia utilidade do YOUTUBE é que você pode subir seu vídeo institucional ou mesmo a propaganda do seu negócio. “Embedar” no seu site e enviar o link numa campanha de email marketing aos seus contatos.

Excelente, mas ainda está longe de ser sua melhor possibilidade. Sua melhor possibilidade é, com certeza, o CONTEÚDO.

Conteúdo neste caso é praticamente tudo que não é propaganda. É um material que pode ENTRETER OU DISSEMINAR CONHECIMENTOS que você ou sua organização dominem. Sim, pois antes do seu cliente comprar o seu produto ou serviços ele vai querer saber se você é realmente bom no que faz. E não, NUNCA é o seu vídeo institucional que o convence disso.

Seu Institucional serve para mostrar sua empresa, suas instalações, falar o que faz e como faz.

A estratégia de Conteúdo começa em desapegar da ideia de que sua expertise não deve ser compartilhada. Ao contrário, você vai precisar pensar nos assuntos que mais interessam ao seu público-alvo e desenvolver as maneiras mais interessantes e envolventes de explorá-los em vídeo, pensando como um produtor de Entretenimento. Abaixo seguem alguns passos simples que podem te ajudar a explorar melhor o vídeo marketing e lucrar com ele.

1. ROTEIRIZE SEU CANAL ANTES DE CRIÁ-LO

Como nenhuma ação no Youtube leva menos de 6 meses para dar algum resultado, é preciso ter em mente que vai precisar postar ao menos, 24 vídeos (1 por semana). Porque o algoritmo só vai passar a te reconhecer de acordo com a freqüência das suas postagens e as respostas (views, comentários e likes) aos seus vídeos.

Então liste estes 24 pequenos temas e faça deles o início do seu canal. Pense com a cabeça do espectador, não com a cabeça de empresário ou funcionário da empresa. Invista com força NO INTERESSE DO SEU PÚBLICO, em detrimento da sua vontade de vender algo.

Contrate uma produtora para filmar e editar e certifique-se da qualidade de captação de imagem e do som. A postagem e gestão do Canal também exigem alguns cuidados para ter melhores resultados, por isso, se possível, contrate esta função tbm, pelo menos até conhecer melhor o funcionamento.

2. VALORIZE OS METADADOS

Metadados ou Metainformação, são dados sobre outros dados, como por exemplo Hashtags e palavras-Chave, um dos recursos mais valiosos do YT, e que funcionam mais amplamente provavelmente pelo fato de o YT ser uma empresa do grupo Google. Isso é necessário para o publico que ainda não te conhece descobrir seus vídeos a partir da pesquisa no Google e no YT. Pense em palavras-chaves mais genéricas, mas não descarte as mais específicas. Use bem o conceito de cauda longa, ou seja, coloque nas tags frases completas e específicas que podem te conectar ao seu público. Por exemplo, se você vende móveis de madeira não coloque apenas “móveis”. Coloque “Móveis rústicos de pátina em São Paulo” e aumente suas chances de se encontrado. E não se esqueça JAMAIS de colocar na descrição dos vídeos o site da sua empresa, contatos e outras informações úteis a quem se interessar.

3. FAÇA VÍDEOS CURTOS E OBJETIVOS

Outro ponto a favor é que, quanto mais curtos e diretos, melhor, então vá direto ao ponto e faça um vídeo ágil e rico em informações consideradas importantes. Evite enrolações e textos decorados ou lidos, pois o Youtube é um reino informal, onde as pessoas buscam nos canais uma sensação de proximidade, diferente por exemplo da mídia televisiva. Sempre tenha como meta adicionar o maximo de ENTRETENIMENTO aos seus vídeos. Não deixe de seguir as melhores práticas também para pedir a subscrição e o like da audiência de forma simpática e criativa.

4. ANUNCIE

Colocar sua empresa na rede não significa obrigatoriamente criar um canal. Existem diversas opções adequadas a diferentes realidades e estratégias. O YT também funciona muito bem em relação aos anúncios. No YT, a chance de você poder escolher para anunciar num assunto altamente relacionado ao seu é muito maior, então pense bastante no “call to action” mais interessante aos seus objetivos.

Há várias opções de anúncios, confira:

Anúncios gráficos

Aparece à direita do vídeo em destaque e acima da lista de sugestões de vídeo. Para players maiores, esse anúncio pode ser exibido abaixo do player.


Anúncios de sobreposição

Anúncios de sobreposição semitransparentes que são exibidos nos 20% da parte inferior do seu vídeo.


Anúncios em vídeo puláveis

Com os anúncios em vídeo puláveis, os espectadores podem pular anúncios depois de cinco segundos, se quiserem. Podem ser inseridos antes, durante ou depois do vídeo principal.

Se você ativar essa opção, uma combinação de anúncios puláveis e bumper será exibida em sequência.


É necessário assistir a anúncios em vídeo não puláveis para que o vídeo seja exibido.

Esses anúncios podem ser exibidos antes, durante ou depois do vídeo principal.

Computador e dispositivos móveis

É reproduzido no player de vídeo.

Possuem 15 ou 20 segundos de duração, dependendo dos padrões regionais.


Anúncios bumper

É preciso assistir os anúncios em vídeo não puláveis de até seis segundos para que o vídeo seja exibido.

Se você ativar essa opção, uma combinação de anúncios puláveis e bumper será exibida em sequência.


Cartões patrocinados

Os cartões patrocinados mostram conteúdo que pode ser relevante para seu vídeo, como produtos exibidos no vídeo.

Os espectadores verão um teaser do cartão por alguns segundos. Eles também poderão clicar no ícone no canto superior direito do vídeo para navegar pelos cartões.

5. FAÇA UPLOAD DOS VÍDEOS NAS DIFERENTES PLATAFORMAS DAS REDES

É fato que estar no Youtube reforça a CREDIBILIDADE e a AUTORIDADE da marca, além de permitir ESTRATÉGIAS mais apuradas. Mas você deve aproveitar o embalo e usar os vídeos produzidos também em suas outras redes sociais, como Facebook, Linkedin e Instagram. Para ter melhores resultados, NÃO poste o link do YT nas outras redes. Você precisa fazer o upload dos vídeos em suas respectivas plataformas e nos formatos e extensões solicitadas (falarei mais sobre isto num próximo post). A diferença de alcance e impulsionamento é enorme; no caso do FB chega a ser 10x maior quando você posta na plataforma ao invés de postar link do YT. Então, não deixe de fazer o processo caso a caso ok?

Boa sorte!




55 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page